Chá de Barbadana, os benefícios desse remédio natural

Chá de Barbadana, os benefícios desse remédio natural

DESCRIÇÃO: Também conhecida porquê “gobó”, a bardana tem propriedades diuréticas, laxativas, antissépticas, depurativa, diaforética, estomáquica e antidiabé- tica. Sendo muito utilizada em casos de insuficiência hepática, para “limpeza” do sangue e no tratamento extrínseco de dermatoses.

COMO FAZER: Porquê depurativo; colerético (aumenta o fluxo biliar); diurético (eliminação do ácido úrico) e laxativo.

 

PARTES USADAS: Folha

ORIGEM DO PRODUTO: Europa

COMO BEBER: O chá deve ser bebido três vezes ao dia, entre as principais refeições.

– Colocar 1 colher de sopa de raiz fatiada em 1 xícara de chá de chuva fervente. Deixar ferver por 5 minutos e manter abrasado por mais 10 minutos. Filtrar e manducar a raiz.

INDICAÇÃO: Indicado principalmente para a pele e porquê antibiótico, é ainda diurética, anti-inflamatória, depurativa e cicatrizante, no tratamentos do fígado, nos casos de hepatites e cirrose, além de cálculos biliares. Seu uso porquê depurativo, para purificar o sangue também é bastante publicado, sendo usadas suas raízes em decocção.

 

As raízes também tratam doenças reumáticas, sendo supimpa antiinflamatório para tratar artrite; problemas renais e digestivos e com ela é prepa-rada uma pomada, para uso ex-terno, para medicar eczema, além de uma loção para queda de cabelos.

As raízes dessa vegetal são comestíveis, podendo ser consumidas cruas ou cozidas. No Japão, inclusive, é cultivada uma variedade para o consumo das raízes e, na Europa, os brotos e folhas tenras são consumidos porquê verduras.

CONTRAINDICAÇÕES E EFEITOS COLATERAIS: Mulheres grávidas ou em período de amamentação, crianças, pessoas com alergia à folhas, raízes, vegetais.

Pessoas que sofrem com doenças crônicas, também precisam tomar zelo com a ingestão de chás, pois alguns podem aumentar os sintomas da doença. O mesmo zelo deve ser tomado por gestantes, já que alguma ervas, quando consumidas em excesso, podem levar ao monstruosidade.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*